Defesa de Robinho entra com recurso para que ex-jogador fique menos tempo preso

  • 14/05/2024
  • 0 Comentário(s)

Defesa de Robinho entra com recurso para que ex-jogador fique menos tempo preso

Advogado pediu que Justiça afaste qualificação de crime hediondo, o que pode acelerar progressão de pena.

A defesa do ex-jogador Robinho, condenado a 9 anos de prisão por estupro coletivo cometido contra uma mulher na Itália, em 2013, entrou com um pedido para que a Justiça considere o crime como "comum" e não como "hediondo".

Atualmente, ele cumpre pena na Penitenciária 2, em Tremembé, no interior de São Paulo.

No pedido, feito nesta segunda-feira (13), a defesa de Robinho explica que o Superior Tribunal de Justiça (STJ) homologou a sentença italiana, mas que, no cálculo de pena, "o citado delito foi capitulado como 'hediondo',

todavia o crime ao qual o executado está cumprindo pena não se configura como hediondo no Brasil".

O advogado do ex-jogador sustenta que a homologação da sentença italiana não é suficiente para conferir a hediondez do crime.

"[...] A mera homologação da sentença italiana pelo STJ não é suficiente para conferir ao crime a hediondez, pois tal classificação depende da expressa previsão legal", explicou o advogado Mário Rossi Vale no documento.

À reportagem, o advogado explicou que foi contratado para fazer a defesa do ex-jogador no processo de execução penal e que, do ponto de vista da defesa, o caso de Robinho se enquadra no artigo 217-A do Código Penal.

]

Segundo o advogado, o crime previsto nesse artigo deixou de ser hediondo em 2019, com o pacote anticrime.


#Compartilhe

0 Comentários


Deixe seu comentário








Aplicativos


Locutor no Ar

Top 5

top1
1. Halo

Beyoncé

top2
2. Set Fire to the Rain

Adele

top3
3. Big Girls Don't Cry

Fergie

top4
4. We Are The World

USA For Africa

top5
5. Greatest Love Of All

Whitney Houston

Anunciantes